Depoimento Linda, 270 dias sem vomitar!

Oi gente!!

Faz tempo que não apareço por aqui, né?!
É que tive que ter um tempo para mim…refletir e pensar sobre as mudanças as quais estou passando! Até porque eu tinha (será que já posso usar o verbo no passado?) bulimia há 10 anos e estou cerca de 270 dias sem vomitar (sim, ainda conto os dias). Ou seja, é uma grande mudança!
Faz umas duas semanas, eu tentei vomitar. Tentei muito mesmo! Coloquei o cabo da escova de dente tão fundo, que acho que senti ele no meu estômago. Tá, exageros a parte, eu tentei muito mesmo!
Chorei por não conseguir ou chorei por tentar…não sei exatamente o que. Depois que passou, fiquei feliz por não ter conseguido. E perguntei para a minha psicóloga se eu poderia contar aquele dia como um dia de “não vômito” e não ter que zerar minha contagem…e ela disse que sim.
Dei uma desencanada legal de algumas coisas. Dei um unfollow nos Instagrans que confundiam vida saudável com fixação e neurose.
Fiquei ainda melhor depois que li o texto do nosso parceiro Edu Nogueira.
Qual o limite do saudável?
Me peguei pensando: imagino que eu faço um jantar mara (fiquei a tarde inteira cozinhando) e convido um casal de amigos queridos para jantar em casa. E eles trazem sua própria comida. WTF? Eu sai para comprar as coisas, selecionei, escolhi, cozinhei com o maior carinho e as pessoas fazem uma desfeita dessa? Ah! Por favor, isso é no mínimo desagradável.
E uma pessoa que faz isso é tão doente quanto uma que come tudo o que tem para jantar e depois vai vomitar.
Então, dar um unfollow nisso e seguir minha vidinha com academia, nutricionista e vida tem me ajudado mais na recuperação.
Tenho uma amiga (já falei dela anteriormente) que está indo no médico, procurando tratar a bulimia. Quando converso com ela, a vejo como eu, no início do meu tratamento. Eu não queria me curar. E ela não quer se curar.
Você nunca sairá da bulimia enquanto não decidir sair de fato!
E lógico que você vai sofrer, lógico que você vai querer vomitar…mas eu vejo o quanto a bulimia te deixa refém das situações, o quanto a pessoa que tem um transtorno alimentar sofre…
Então, quando você decidir sair dessa, passará por uma fase difícil, complicada, dolorida…mas passará. Contudo, se você continuar refém da bulimia irá passar por uma vida inteira difícil.
Eu fico feliz em estar me recuperando.
Eu falo para a minha psicóloga que não sinto orgulho de estar me recuperando – porque para mim, fui eu mesma que me coloquei nessa situação. A minha psicóloga repudia esse meu pensamento e estamos trabalhando nisso (mas por hora, cá entre nós, eu ainda acho que sou a única culpada por ter caído nesse poço da bulimia).
Não me arrependo nenhum pouco de ter buscado tratamento. Mas estou sempre alerta para não cair na tentação de vomitar.
A vontade sempre vem – e minha psiquiatra disse que ela sempre virá, porque durante muitos e muitos anos tive esse problema. Mas o importante é não fazer.
Minha próxima meta é ir a um rodízio de pizza. Desde que consegui remissão (abril/2013) não tive coragem de ir.
Quando eu for, conto para vocês.
Fiquem bem.
Busquem ajuda…ninguém consegue sair do fundo do poço sem um amigo para jogar a escada.
Anúncios

5 comentários sobre “Depoimento Linda, 270 dias sem vomitar!

  1. A bulimia é uma doença que chega aos poucos e toma conta de nosso ser. Tão poderosa que consegue nos transformar em duas pessoas: a pessoa normal que se mostra à sociedade e a pessoa obscura, que se esconde e é autodestrutiva. Tanto que essa segunda pessoa, consegue, por vezes e, por muitas vezes, se revelar em atitudes grosseiras, intolerantes e depressivas da primeira. É uma doença que sufoca sendo que nossa mente fica tão doente quanto nosso corpo… apesar de nada ser descarado. Afinal quem tem bulimia geralmente não mata, não rouba, não apresenta déficit mental devido à doença e, geralmente não fica esquálido ou obeso por causa dela. Somos reféns de nós mesmos e sabemos disso!

    Curtir

  2. Oi Linda.
    Parabéns pela iniciativa de “dar a volta por cima” e relatar esses 270 dias sem miar. Imagino o quanto esteja sendo difícil pra vc. Como vc mesma disse: passou anos fazendo isso, entao os 270 dias são uma conquista fantástica. Continue essa investida. Vc vai conseguir 🙂

    E mto obrigado pela referência a mim no seu post. Fico mto feliz que vc tenha curtido o post que escrevi. Sei que consegui atingir algumas pessoas, de maneira positiva. E vc é uma delas…
    A Priscila sabe que, o que eu puder fazer pra ajudar quem precisa, mesmo que por textos, eu irei fazer. Estamos juntos 🙂

    Um beijo a todos(as)

    Curtir

  3. boa noite! é a primeira vez que entro nesse site e estou lendo alguns post's!! sou uma profissional da área da saúde, e como sou humana também, já sofri de bulimia. Ultimamente tenho me sentido mais ansiosa, faço análise 3 x na semana o que me ajuda muito e faz anos que estou sem vomitar. Porém concordo com o que li em alguns depoimentos, que esse pensamento ronda a gente e precisamos aprender a conviver com ele sem dar ouvidos. Gostaria de dizer a você Anonymous que a última coisa que deve fazer a desistir da sua esposa, pois a bulimia causa um sentimento de vaziu muito grande e pra pessoa que sofre com isso é muito ruim ouvir que alguém desisti dela ou algo do tipo. a gente precisa muitas vezes é apenas ser acolhida, de um “colo”, de um estou aqui como posso te ajudar?!, de um abraço caloroso e um “acredito em você” vamos lá. dependendo a situação em que está a sua esposa, além disso que falei, se ela estiver na fase que vomita constantemente, mesmo que ela resista a procura de um psicólogo e psiquiatra é muito importante, pois o tratamento combinado ajuda muito. E algumas vezes no início são feitas combinações do familiar junto com o profissional para o bem de quem está em recuperação.
    Espero que tenha me feito entender… mas podemos trocar ideias. abraços a todos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s